Fechar

 BLOG 

O Verão já Chegou? A revolução do Sorvete

Você também pode ouvir este artigo em áudio no player acima.

Como o sorvete revolucionou o mercado e os desafios do setor

Independente da estação, não se pode negar, o sorvete é destaque em muitas regiões.

Não se sabe ao certo a origem do sorvete. Reza a lenda que surgiu na China, por volta de 4.000 anos atrás, sendo popularizado pelos italianos em seguida. Histórias à parte, o fato é que este produto ganhou os consumidores de todas as partes do mundo.

Para os empresários do ramo destes gelados saborosos, vale destacar que existe uma mudança constante nos hábitos alimentares do consumidor. Neste sentido, há uma necessidade de constante criação, de inovação, de novas opções para se destacar no mercado, o qual é cada vez mais competitivo e com um consumidor que espera por novidades, tanto no que tange às receitas quando ao formato com que é consumido, seja em picolés, potes ou embalagens flexíveis.

Mas qual é o cenário brasileiro no consumo de sorvete?

Segundo dados da ABIS (Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes), há um crescimento no consumo do produto nos últimos anos, em uma taxa positiva que varia de 0,5% a 3%.

2018, por exemplo, fechou com mais de 1,2 bilhão de litros de sorvete consumidos país afora, algo em torno de R$ 13 bilhões movimentados. Vale ressaltar que as taxas de crescimento se mantiveram mesmo ante os problemas econômicos que enfrentamos.

As vantagens do mercado de sorvete e outros congelados

Existe um crescimento acentuado de novos empreendimentos que exploram esse nicho de mercado. Observamos nos últimos anos uma explosão de novas marcas e novos tipos de sorvetes e picolés, muitas vezes importados e com uma popularidade já consolidada em seu país de origem. Um bom exemplo disso são as paletas mexicanas.

Um dos truques que garantem um crescimento no setor e que o tornam um investimento seguro é manter uma grande variedade de produtos. Basta olharmos o enorme crescimento no consumo de açaí de norte a sul do país, com receitas de todos os tipos.

Precisamos também levar em conta o espírito brasileiro que remete ao calor dos afetos, praia e festa, seja qual for a estação do ano, com ou sem pandemia, e que nos coloca como o consumidor perfeito de todas as variações dos sorvetes, desde as paletas até o gelato. Sem dúvida, um local adequado para experimentos de novos produtos.

Os desafios

Vimos nos últimos anos um grande aumento na variedade dos formatos e utilizações do produto. O sorvete pode ser encontrado em massas, softs, sobremesas, tortas, bolos. As paletas mexicanas, especialmente, ganharam o mercado muito rapidamente e os picolés premium tornaram-se uma boa opção para um público-alvo mais amplo, elevando a competitividade nas vendas.

A prioridade passou para itens como: receita, recheios, sabores e a qualidade em geral. E para além dos picolés, simples ou premium, a qualidade exigida engloba embalagens e a praticidade ao cliente. Assim, temos um novo padrão de qualidade a seguir, vindo do próprio consumidor.

Esta é uma oportunidade para o setor elevar o nível destes alimentos através de inovação, tanto no produto quanto nos meios utilizados para a produção, seja na indústria de grande porte ou na pequena empresa que busca expor seus produtos e causar uma boa impressão.

Há algumas atitudes que podem ser tomadas para destacar os produtos no mercado e obter bons resultados:

  • Variar nas receitas e entender as expectativas do público;
  • Trazer a inovação como uma regra, tanto para ingredientes quanto para embalagens;
  • Ter atenção para a organização e higiene do estabelecimento comercial;
  • Manter uma equipe treinada pronta para um atendimento de excelência;
  • Desenvolver uma construção sólida de marca, com boa comunicação e presença nos meios digitais.

É evidente que a inovação nas embalagens destaca positivamente o produto ao público, sendo capaz de causar uma ótima primeira impressão e contribuir para a consolidação da marca, inclusive como referência no setor.

As embalagens flexíveis proporcionam conveniência ao cliente, com padronização de produção e facilidade de manuseio, e são aliadas para o crescimento das empresas do ramo de sorvetes.

Segundo pesquisas realizadas pela Mintel, agência de inteligência de mercado, podemos esperar um grande aumento no consumo dos diferentes tipos de sorvete no ano de 2020. Sua empresa está preparada?

Conte com as Máquinas Envasadoras Profills para inovar na sua produção de Sorvetes!

Compartilhe!

Índice