Fechar

 BLOG 

A importância da manutenção preventiva

Você também pode ouvir este artigo em áudio no player acima.

Saiba como evitar falhas na linha de produção

Quais os cuidados que sua empresa dedica aos equipamentos que utiliza? Você sabe o que é manutenção preventiva? Como é possível evitar falhas na linha de produção? 

Vamos tratar neste artigo de algumas formas de garantir a confiabilidade dos seus equipamentos, para que não comprometam a produtividade da sua empresa.

O que é manutenção preventiva?

A manutenção preventiva é a ação da empresa em manter uma rotina de inspeção nos seus equipamentos de produção. É a manutenção que previne a linha produtiva de surpresas desagradáveis, que mantém a solidez do maquinário e sua confiabilidade. Evita, portanto, a manutenção corretiva, feita nos equipamentos que apresentam problemas.

A manutenção preventiva coloca a prevenção como ponto central, permitindo ao empresário se antecipar a defeitos e falhas. Além disso, garante que a linha de produção não seja ameaçada ou interrompida.

A manutenção preventiva pode e deve ser implementada nos mais diversos ramos da indústria. Não há restrições. Mas respeitando sempre a capacidade técnica dos profissionais escalados para a manutenção.

Prevenção – Segurança – Durabilidade – Confiabilidade

Dicas para implementar uma boa rotina de manutenção preventiva

Para apoiar quem quer implementar a manutenção preventiva como rotina, trazemos algumas dicas. Essas orientações vão permitir que sua empresa inicie um processo de aprimoramento nos processos.

Siga nossas dicas e perceba a diferença:

1. Mapeie os equipamentos da linha de produção

Nesta fase inicial, procure catalogar todo o maquinário, por área de atuação, estado de conservação, a expectativa de durabilidade e tempo de uso. Anote quaisquer informações que julgar relevantes e que podem dar um panorama do estado do equipamento.

2. Quantifique os custos de cada máquina

Coloque na ponta do lápis os detalhes de operação das máquinas. Questões como o custo de operação, o estado de conservação, expectativa de durabilidade, relação custo-benefício em relação à máquinas novas, entre outros.

3. Faça um planejamento de atuação

Com os dados das máquinas em mãos, bem como as informações sobre o estado de conservação de cada item, podemos pensar no plano de verificação. Isto é, quando os equipamentos serão verificados, com que frequência, quais peças precisam ser trocadas e em qual prazo, entre outros.

4. Compartilhe com a equipe a importância da manutenção preventiva

Converse com os colaboradores para que se engajem nas ações de conservação dos equipamentos, as quais, também, expressam o cuidado da marca com seus produtos. Tendo este cuidado como cultura da empresa, esta abordagem refletirá na imagem para o público.

5. Defina os responsáveis

Verifique, para cada intervenção, os responsáveis competentes que farão a manutenção periódica, bem como informe o setor de compras sobre as peças de reposição que precisam ser compradas periodicamente.

6. Defina tarefas

Colocar no papel as funções de cada profissional facilita a agilidade e diminui a probabilidade de erros.

7. Prepare os documentos

Para tornar o trabalho mais eficiente, é importante que os documentos pertinentes estejam disponíveis, de forma a garantir a integridade dos colaboradores e o correto manuseio dos equipamentos. São documentos como manuais de máquinas, guias, ordens de serviço, registro das manutenções passadas, entre outros.

8. Invista nos treinamentos

É importante manter os treinamentos em dia, para que as vistorias na manutenção sejam executadas de maneira correta.

9. Mantenha uma rotina de avaliação

Para que a manutenção preventiva provoque os efeitos que buscamos, é importante que a equipe mantenha uma rotina de inspeção em cada equipamento. Afinal, o objetivo é não esperar que este maquinário se deteriore e ameace a sua produção.

Benefícios na implantação da manutenção preventiva

Todo esse esforço na manutenção preventiva traz diversas vantagens na produção. Vejamos algumas:

  • Melhor custo-benefício, pois a manutenção preventiva é muito mais barata do que a manutenção corretiva, momento em que o equipamento já apresentou problemas.
  • Previne falhas ou avarias. A prevenção dos problemas concede ao equipamento uma vida útil muito mais longa.
  • Evita a interrupção da linha de produção, pois as inspeções pouco interferem no processo interno, enquanto a correção de falhas demanda tempo e recursos.

As Máquinas Profills, por exemplo, são equipamentos de fácil manutenção, e permitem que o empresário mantenha uma produtividade longa, competitiva no mercado.

Todas as Máquinas Profills por nós comercializadas são equipamentos novos, de fabricação própria e com componentes de excelente qualidade, testados e aprovados, visando garantir durabilidade e eficiência.

Acreditamos que todo o processo de fabricação de nossas Máquinas deve pautar-se pelo mais rígido controle de qualidade. Este cuidado na fabricação resulta em um equipamento de excepcional qualidade, estendendo muito a sua vida útil se mantida a regular manutenção preventiva e correta utilização.

Ainda, fornecemos peças de reposição para as empresas, de forma que todos os equipamentos estejam com a manutenção em dia.

E na sua empresa, a manutenção preventiva já é uma realidade?

Compartilhe!

Índice